Comercial: +55 11 95440-2950 WhatsApp Comercial: +55 11 95440-2950 comercial@chicledigital.com.br Brasil, São Paulo - SP

O que esperar da inteligência artificial no E-Commerce

A inteligência artificial há muito tem deixado de ser tema apenas de discussões teóricas em palestras e congressos e tomar parte em nossas vidas, sobretudo no ambiente corporativo.

Nesse meio, a inteligência artificial vem se tornando um elemento extremamente importante na resolução de problemas, com a criação de ferramentas modernas que vão além de robôs e chatbots.

As novas criações da inteligência artificial tem aproveitado a interação entre as pessoas para traçar um novo mapa e influenciar diversos setores de nossa vida, tanto pessoal quanto profissional.

No e-commerce, a influência crescente da inteligência artificial não poderia ser diferente. Estamos experimentando a cada dia avanços tecnológicos únicos, que nos colocam lado a lado com máquinas super inteligentes e que são capazes de resolver, em questão de segundos, dúvidas e problemas que, sozinhos, demoraríamos dias ou meses para compreender.

 

Como a inteligência artificial deve impactar o e-commerce

As mudanças frenéticas trazidas pelo uso da inteligência artificial no e-commerce devem impactar fortemente esse tipo de negócio. A interação entre lojista e consumidor será completamente repaginada.

As novas permitirão, por exemplo, o acesso a tecnologias capazes de otimizar processos rotineiros, tornando a aquisição de clientes, o atendimento e a organização da logística muito mais rápidos e precisos.

Embora algumas destas automações já estejam em uso e não sejam consideradas novidades por muitas pessoas, a inteligência artificial dará uma nova roupagem a elas. Como? Aumentando a assertividade de uma empresa.

As novas tecnologias eliminarão dúvidas, minimizarão as chances de erro e permitirão que sua empresa invista em novos produtos e na construção de outros canais para fidelizar e conquistar ainda mais clientes.

Um bom exemplo disso é o que estão fazendo companhias de ponta, onde a inovação e a busca por novas tecnologias é uma realidade frequente. E o principal expositor desse novo mundo é o Google.

A gigante das buscas tem investido milhões em inteligência artificial e tem, inclusive, reforçado o discurso de que é uma empresa voltada para o desenvolvimento e implementação de recursos de inteligência artificial.

 

Como o programa de aceleração da Google pode beneficiar empresas brasileiras

O compromisso da Google com a inovação e o aperfeiçoamento da Inteligência artificial por empresas de diferentes segmentos é tamanho que, em 2017, a empresa trouxe ao Brasil o Google Lauchpad.

O programa de aceleração que se dedica a incentivar e fornecer subsídios a empresas que desejem desenvolver, ou já tenham programas de desenvolvimento de projetos que permitam a aplicação, em suas atividades rotineiras, da inteligência artificial, já beneficiou gigantes internacionais e, aos poucos, atinge corporações totalmente nacionais.

Na edição de 2017, por exemplo, quando 130 empresas globais foram beneficiadas pelo programa, 27 das participantes eram empresas brasileiras, dentre elas nomes conhecidos do mercado em geral, como a fintech Nuback e a empresa de recursos humanos LoveMondays.

 

Edição 2018

A edição 2018 do programa de inovação da Google Brasil selecionou, até agora, seis empresas, que estão trabalhando em temática voltadas ao desenvolvimento e implementação da inteligência artificial no campus que a empresa possui na cidade de São Paulo.

Essas empresas não apenas recebem financiamento vindo da gigante norte-americana, mas também são suportadas tecnicamente, por meio do acesso a ferramentas desenvolvidas pela empresa para fomentar suas pesquisas.

O apoio da Google é tamanho que essas empresas selecionadas devem ser as primeiras de todo o Brasil a apresentar soluções práticas que utilizem inteligência artificial.

 

Veja algumas das selecionadas pelo programa da Google

A plataforma de fomento ao uso da inteligência artificial da Google reconhece o bom trabalho de empresas em diversos segmentos, como a gestão de conteúdo. Um exemplo disso é a Contentools.

Sediada no Vale do Silício, a empresa é uma startup de Santa Catarina e que oferece aos clientes uma ferramenta que otimiza os resultados de marketing de conteúdo daqueles que contratam os seus serviços.

O controle da logística no transporte de mercadorias, algo tão complexo e que pode consumir tanto dos lucros de uma empresa, é o foco de atuação de outra das empresas selecionadas pelo programa da Google, a Mandaê.

A plataforma voltada à organização de encomendas e controle de frete, está desenvolvendo soluções em inteligência artificial que permitirão às empresas que contratarem seus serviços saber exatamente quanto gastarão com frete e logística, além de serem capazes de rastrear as entregas e traçar as melhores rotas.

O que esperar da inteligência artificial no E-Commerce
5 (100%) 1 vote

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *